Galo Busca Com Hulk O Que Só Conseguiu Com Reinaldo

Atual tricampeão mineiro, o Atlético-MG enfrenta o América-MG na decisão do Campeonato Mineiro de 2023. O Galo busca o quarto título estadual em sequência, o que não consegue desde os anos 1980, quando tinha Reinaldo, Toninho Cerezo e Éder Aleixo no time.

 

Atual tricampeão mineiro, o Atlético-MG enfrenta o América-MG na decisão do Campeonato Mineiro de 2023. O Galo busca o quarto título estadual em sequência, o que não consegue desde os anos 1980, quando tinha Reinaldo, Toninho Cerezo e Éder Aleixo no time. 

 

O último tetra do Atlético foi em 1981. Agora, com Hulk, o time alvinegro tenta repetir o feito após 42 anos. O que aconteceu Entre 1978 e 1983 o Atlético foi hexacampeão mineiro, a maior sequência de conquistas do clube. O principal nome daquela equipe era Reinaldo, que até hoje é o maior goleador da história atleticana, com 255 gols. O posto de goleador é ocupado atualmente por Hulk. 

 

- Publicidade -
Ad image

Na Cidade do Galo desde 2021, o atacante tem 75 gols marcados em 126 partidas. Desde que Hulk foi contratado, o Atlético disputou quatro finais e saiu campeão em todas elas. Foram duas vezes no Mineiro, diante do América-MG e do Cruzeiro, na Copa do Brasil, sobre o Athletico-PR, e na Supercopa do Brasil, contra o Flamengo. A sequência atual de títulos do Atlético no Mineiro começou em 2020, ao bater o Tombense na decisão. Em 2021 o América foi o rival na decisão e no ano passado foi o Cruzeiro. 

 

Hulk busca 6º título e 4ª artilharia Principal jogador do Atlético-MG desde 2021, Hulk é o símbolo de uma mudança na história alvinegra. Desde a contratação do atacante, o Galo mais venceu campeonatos do que perdeu. 

Compartilhar
Comentar