Em Tempos de Vacas Magras, Cruzeiro Tenta Receber Mais de R$ 55 Milhões

 
Uma das maiores promessas do futebol brasileiro na atualidade, o atacante Vitor Roque vem ganhando cada vez mais destaque no Athletico-PR. O Cruzeiro, onde estreou como profissional e acabou saindo em litígio, busca receber mais de R$ 55 milhões por conta disso.
 
Alexandre Cobra, secretário-geral do Cruzeiro, explicou no 2° episódio do documentário “A Virada”- que conta sobre a volta do clube para a Série A -, que a Raposa busca receber R$ 56 milhões por conta de uma proposta de renovação de contrato que fez a Roque antes mesmo do Athletico-PR contratá-lo. Além disso, o time celeste quer receber mais R$ 3 milhões do que o Furacão já pagou: “ O caso está na CNRD (Câmara Nacional de Resoluções e Disputas). A gente está bastante otimista em que vamos ter sucesso. São dois processos: um trabalhista, onde teve depósito de R$ 24 milhões para todos os clubes, e nós estamos buscando os 27 (milhões). Tem também uma causa cível, no valor de R$ 56 milhões”, disse Cobra.
 
Vitor Roque deixou o Cruzeiro em abril de 2022, após o Athletico-PR usar uma condição contratual para pagar a multa de R$ 24 milhões ao Cruzeiro. Ele saiu pela porta dos fundos da Raposa, que não queria liberá-lo e buscou recursos para mantê-lo, mas sem sucesso. Atualmente, o atacante atrai interesse de gigantes europeus e sua venda pode girar em torno de 45 milhões de euros (R$ 247 milhões).

Compartilhar
Comentar