Decepção com Novo Salário Mínimo

 

BRASILEIROS SE DECEPCIONAM COM NOVO SALÁRIO-MÍNIMO DE R$ 1.320

Novo valor já está em vigor; mínimo estava em R$ 1.302 desde janeiro e, agora, tem correção acima da inflação

O governo publicou no “Diário Oficial da União” a medida provisória que eleva o salário-mínimo para R$ 1.320, com validade já a partir desta segunda-feira (1º). O valor anterior era de R$ 1.302.

A medida provisória tem vigência imediata, porém precisa ser aprovada em até 120 dias pelo Congresso Nacional para que não perca a validade.

- Publicidade -
Ad image

Lula e ministros falavam desde a transição de governo, no final de 2022, sobre o aumento para R$ 1.320. No último domingo (30), véspera do Dia do Trabalho, Lula confirmou em pronunciamento no rádio e na TV que assinaria a medida provisória com a mudança do valor.

“É um aumento pequeno, mas real, acima da inflação, pela primeira vez depois de seis anos”, afirmou o presidente no pronunciamento.

A mudança no salário-mínimo também aumenta o valor de benefícios e serviços que usam o piso nacional como referência, a exemplo do abono salarial PIS/Pasep, benefícios do INSS, Benefício de Prestação Continuada (BPC), seguro-desemprego e seguro-defeso.

Compartilhar
Comentar